30 novembro, 2010

Acima de tudo o amor


Ainda que eu falasse línguas,
as dos homens e dos anjos,
se eu não tivesse o amor,
seria como sino ruidoso
ou como címbalo estridente.
Ainda que eu tivesse o dom da profecia,
o conhecimento de todos os mistérios e de toda a ciência;
ainda que eu tivesse toda a fé,
a ponto de transportar montanhas,
se não tivesse o amor,
eu não seria nada.
Ainda que eu distribuísse todos os meus bens aos famintos,
ainda que entregasse o meu corpo às chamas,
se não tivesse o amor,
nada disso me adiantaria.
O amor é paciente,
o amor é prestativo;
não é invejoso, não se ostenta,
não se incha de orgulho.
Nada faz de inconveniente,
não procura seu próprio interesse,
não se irrita, não guarda rancor.
Não se alegra com a injustiça,
mas se regozija com a verdade.
Tudo desculpa, tudo crê,
tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais passará.
As profecias desaparecerão,
as línguas cessarão,
a ciência também desaparecerá.
Pois o nosso conhecimento é limitado;
limitada também é nossa profecia.
Mas, quando vier a perfeição,
desaparecerá o que é limitado.
Quando eu era criança, falava como criança,
pensava como criança, raciocinava como criança.
Depois que me tornei adulto,
deixei o que era próprio de criança.
Agora vemos como em espelho e de maneira confusa;
mas depois veremos face a face.
Agora o meu conhecimento é limitado,
mas depois conhecerei como sou conhecido.
Agora, portanto, permanecem estas três coisas:
a fé, a esperança e o amor.
A maior delas, porém, é o amor.

[I Coríntios 13,1-13]

28 novembro, 2010

A vida é um todo indivisível!!!


"Não existe nada de completamente
errado no mundo, mesmo um relógio parado,
consegue estar certo duas vezes por dia."




"Um homem não pode fazer o certo numa área da vida,
enquanto está ocupado em fazer o errado em outra.
A vida é um todo indivisível."


"Quando tudo nos parece dar errado
Acontecem coisas boas
Que não teriam acontecido
Se tudo tivesse dado certo."
Renato Russo


Só um palpite: dando tudo errado, grite.


Existem três jeitos de fazer as coisas:
o jeito certo, o jeito errado, e o meu jeito,
que é igual ao jeito errado,
só que mais rápido."
Homer Simpson

Faz de conta



{ }
"Faz de conta que ela era uma princesa azul pelo crepúsculo que viria, faz de conta que a infância era hoje e prateada de brinquedos, faz de conta que uma veia não se abrira e faz de conta que sangue escarlate não estava em silêncio branco escorrendo e que ela não estivesse pálida de morte, estava pálida de morte mas isso fazia de conta que estava mesmo de verdade, precisava no meio do faz-de-conta falar a verdade de pedra opaca para que contrastasse com o faz-de-conta verde cintilante de olhos que vêem, faz de conta que ela amava e era amada, faz de conta que não precisava morrer de saudade, faz de conta que estava deitada na palma transparente da mão de Deus, faz de conta que vivia e que não estivesse morrendo pois viver afinal não passava de se aproximar cada vez mais da morte, faz de conta que ela não ficava de braços caídos quando os fios de ouro que fiava se embaraçavam e ela não sabia desfazer o fino fio frio, faz de conta que era sábia bastante para desfazer os nós de marinheiros que lhe atavam os pulsos, faz de conta que tinha um cesto de pérolas só para olhar a cor da lua, faz de conta que ela fechasse os olhos e os seres amados surgissem quando abrisse os olhos úmidos da gratidão mais límpida, faz de conta que tudo o que tinha não era de faz-de-conta, faz de conta que se descontraíra o peito e a luz dourada a guiava pela floresta de açudes e tranqüilidade, faz de conta que ela não era lunar, faz de conta que ela não estava chorando, ...faz de conta que ela não estava chorando por dentro - pois agora mansamente, embora de olhos secos, o coração estava molhado; ela saíra agora da voracidade de viver"


Clarice Lispector

Suponhamos...


“Suponhamos que eu seja uma criatura forte, o que não é verdade. Suponhamos que ao tomar uma resolução eu a mantenha, o que não é verdade. Suponhamos que eu escreva um dia alguma coisa que desnude um pouco a alma humana, o que não é verdade. Suponhamos que eu tenha sempre o rosto sério que vislumbro de repente no espelho ao lavar as mãos, o que não é verdade. Suponhamos que as pessoas que eu amo sejam felizes, o que não é verdade. Suponhamos que eu tenha menos defeitos graves do que tenho, o que não é verdade. Suponhamos que baste uma flor bonita para me deixar iluminada, o que não é verdade. Suponhamos que eu esteja sorrindo logo hoje que não é dia de eu sorrir, o que não é verdade. Suponhamos que entre os meus defeitos haja muitas qualidades, o que não é verdade. Suponhamos que eu nunca minta, o que não é verdade. Suponhamos que um dia eu possa ser outra pessoa e mude de modo de ser, o que não é verdade.”


Clarice Lispector

25 novembro, 2010

Semente do Amanhã



"Ontem um menino que brincava me falou
que hoje é semente do amanhã...
Para não ter medo que este tempo vai passar...
Não se desespere não, nem pare de sonhar
Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs...
Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar!
Fé na vida. Fé no homem, fé no que virá!
Nós podemos tudo,
Nós podemos mais
Vamos lá fazer o que será"


Gonzaguinha

18 novembro, 2010

I BELIEVE


Eu acredito que exista sim a felicidade eterna.
Eu acredito sim que um dia eu vá encontrar alguém que vá fazer meu coração bater a mil por hora, e que isso não vai durar apenas algumas horas.
Eu acredito que um dia vou ver meus filhos casando, a casa cheia de netos.
Acredito me ver em uma ótima posição social, uma vida confortável e feliz.
Porém me pergunto: Porque acreditar nisso, significa acreditar em contos de fadas?
Será que nem acreditar eu posso?
Claro que posso!
Minha alma gêmea não precisa necessariamente vir montado em um cavalo branco, não precisa me salvar de um acidente fatal, muito menos precisamos nos conhecer ao se esbarrar em uma livraria. Aliás, minha alma gêmea também não precisa ser necessariamente uma pessoa. Minha alma gêmea pode ser meu amor ao próximo, meu desejo de paz, minha sede de viver. Minha alma gêmea pode ser o sol de cada dia...
O amor da minha vida não precisa amar ‘Crepúsculo’ e nem ler Martha Medeiros. O amor da minha vida não precisa gostar de tudo aquilo que eu ouço, e nem rir de todas as minhas piadas. Mas sim. Ele precisa me fazer rir.
Meus filhos também não serão capa das revistas da Johnson & Johnson.
Eu não espero me formar daqui a quatro anos, mas espero sim me formar!
Espero me formar por inteiro. Não quero me limitar, quero estar em constante mudança.
Pintar o cabelo de vermelho. Quem sabe um moicano verde?
Ué. Quem sabe!
Quero continuar querendo. Quero desejos. Quero brigar no transito. Quero tomar um banho de chuva depois do trabalho. Quero bater a meta todo mês. Quero ser uma fotografa consagrada. Quero que meu time sempre ganhe. Quero suar de tanto amor. Quero que me queiram. Quero alguém. Quero mais. Quero meu New Beetle amarelo, nem que quando eu o adquira ele pareça um fusca velho. Quero comprar toda a linha Victória Secret’s. Quero um nariz novo, novos seios, um novo pé.
Eu quero tudo que eu quero. E é pelo simples fato de eu acreditar que sei que boa parte disso pode sim se tornar real. Que não basta querer, é preciso ACREDITAR.
Acredite você também.
I BELIEVE!


Mayara Pandolfi

14 novembro, 2010

Cuide de sua solidão



“Cuide de sua solidão.
Pegue trens sozinho para lugares que você nunca foi antes.
Durma sozinho debaixo das estrelas.
Vá para tão longe que você irá parar de ter medo de não voltar mais.
Diga não sempre que você não quiser algo.
Diga sim se seus instintos são fortes, mesmo que todos a sua volta discordem.
Decida se você quer ser gostado ou admirado.
Decida se se adequar é mais importante do que encontrar o que você está fazendo aqui.
Acredite em beijos.”

Eve Ensler



13 novembro, 2010

Quanto amamos e acreditamos...


"Quanto amamos e acreditamos do fundo de nossa alma,
sentimo-nos mais fortes que o mundo,
e somos tomados de uma serenidade que vem da certeza
que nada poderá vencer a nossa fé.
Essa força estranha faz com que sempre tomemos
a decisão certa, na hora exata e quando atingimos
nossos objetivos ficamos surpresos com
nossa própria capacidade."

Paulo Coelho



"Longa é a viagem rumo a si próprio,
inesperada é sua descoberta"

Thomas Mann



"Não é porque certas coisas são difícies
que nós não ousamos.
É justamente porque não ousamos
que tais coisas são difícies"

Séneca - Lucius Annaeus Séneca


A águia



A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver 70 anos. Mas para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma séria e difícil decisão: Aos 40anos ela está com as unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar as suas presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva. Apontando para o peito estão as asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar não é mais tão fácil. Então a águia só tem duas alternativas: morrer... ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias.
Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho que fica próximo a um paredão onde ela não necessite voar. Então depois de encontrar esse lugar a águia começa a bater com o bico em uma pedra até conseguir arrancá-lo. Após arrancá-lo, espera nascer um bico novo, com o qual vai depois arrancar as suas unhas. Quando as unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas. E só depois de cinco meses sai para o famoso voo de renovação e para viver então mais 30 anos.
A vitória é para os que têm coragem e não sentem pena de si mesmo! Em nossa vida, muitas vezes temos de nos resguardar por algum tempo e começar um processo de remoção. Para que continuemos a voar um voo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes e outras tradições que nos causam dor. Somente quando estamos livres do peso do passado, podemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz.

"... a tua mocidade se renova com a águia" (Salmos 103.5b).


Pr. Helmuth Mastschulat

09 novembro, 2010

POEMINHO DO CONTRA



"Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!"



"Fere de leve a frase... E esquece... Nada
Convém que se repita
Só em linguagem amorosa agrada
A mesma coisa cem mil vezes dita"



Mário Quintana




Amor é Síntese



Por favor, não me analise
Não fique procurando
cada ponto fraco meu
Se ninguém resiste a uma análise
profunda, quanto mais eu!
Ciumenta, exigente, insegura, carente
toda cheia de marcas que a vida deixou:
Veja em cada exigência
um grito de carência,
um pedido de amor!

Amor, amor é síntese,
uma integração de dados:
não há que tirar nem pôr.
Não me corte em fatias,
(ninguém abraça um pedaço),
me envolva todo em seus braços
E eu serei perfeita, amor!

(Do livro "Bom dia amor!", Mirthes Mathias, Juerp, 1990)


A melhor definição do amor não vale um beijo. (Machado de Assis)


07 novembro, 2010

Por Mário Quintana


"A esperança é um urubu pintado de verde."



Outras:


A arte de viver é simplesmente a arte de conviver ... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!

A felicidade é um sentimento simples; você pode encontrá-la e deixá-la ir embora, por não perceber a sua simplicidade.

A função do poeta não é explicar-se. A função do poeta é expressar-se.

A gente deve atravessar a vida como quem está gazeando a aula, e não como quem vai para a escola.

A alma é essa coisa que nos pergunta se a alma existe.


Mário Quintana

05 novembro, 2010

Com licença poética



"Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou tão feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
– dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou."

Adélia Prado